Google+ Followers

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

CONFIRAM...

http://clubecaiubi.ning.com/profile/manuca
Clube Caiubi

https://myspace.com/eumaiseles/music/albums
My Space

http://palcomp3.com/manucaalmeida/
Palco MP3

https://soundcloud.com/manucaalmeida
Sound Cloud

http://deezer.com/profile/297729493
Deezer

https://www.facebook.com/manucaalmeidaoficial?ref=hl
Fan Page Oficial


SUA PRESENÇA ME TRAZ SORTE

Tudo passa por mim
O tempo todo
A curva da estrada
O caminho a seguir.

Tudo muda o tempo todo
O estilo, a moda, a moeda,
 A história, a seguir.

O tempo voa
Na velocidade da luz
E meu amor, só você conduz.

Quase tudo passa
A dor, a tristeza, a incerteza.
Mas meu amor não é passageiro
Nunca passa.

Venha não demore
Traga o seu cheiro, a sua alegria.
Que só o seu amor me irradia
Faz a festa pro meu coração
Faz poesia.

Venha não demore
Sua presença me traz sorte
Cada vez fico mais forte
Só de pensar em você
Eu fico forte.


Tito Bahiense, Lu Almeida e Manuca Almeida.

quinta-feira, 4 de setembro de 2014


Agora é uma boa hora
Pra recomeçar
Comece analisando
O que você fará.

Mantenha sempre a calma
Pra não se perder
Procure sempre se achar
Dentro de você.

O segredo é a paciência
O mistério é o que virá
Procure a sua essência
Que você vai encontrar.

Manuca Almeida 267.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

SEI NÃO

Ainda sinto falta
Daquele sonho
Que a gente viveu
Ficou aqui comigo
Gravado em cada beijo seu
Sei não, sei não.
O que é que eu digo pro meu coração
Sei não, sei não.
Ficou tanta coisa por dizer
Ficou tanta vida por viver.

Eu quero ter você
Outra vez perto de mim
Pra te dizer que é bem melhor
Amar assim
Pertinho, pertinho
Não vou deixar você
Fugir do meu caminho.

Cássio Calazans e Manuca Almeida 267.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

SER O QUE SOMOS

Foi tão bom lhe ver
E saber que tudo
Vai ser bem melhor.

A gente
Bem que podia
Cruzar nossos caminhos
E novamente
Ver o por do sol
Como antigamente,
E celebrar a vida
Simplesmente.

Ser nós dois
E depois um só
Um bem maior
Do que sonhamos
E quem sabe até

Ser o que somos.

Marcelo Mira e Manuca Almeida 267.






















segunda-feira, 1 de setembro de 2014

AMIGO EXISTENCIAL

Às vezes a gente voa em pensamentos
Cria sentimentos, dá forças pra eles
E vai repetindo sucessivamente os erros
Pensando que um amigo enxerga fácil
A mais simples ou a mais estranha atitude de amor.

O amigo entende que vêm de dentro as respostas
Para qualquer dúvida existencial
Que só a vida vai deixar florida
Ou cheia de espinhos numa caminhada.

Começa vindo aqui, pensa que é única
Às vezes a gente faz tudo pelo lado inverso
E valoriza o hábito como se fosse normal
E acha que fortalece o amigo
Dá abrigo, corre perigo.

Se for possível o amigo divide sempre
O que era pra ser assim
Ainda tenho que aprender
Com o passado torto
Que existe em mim.

Ainda tenho que sofrer,
Ainda tenho que chorar
Para aprender que um amigo
A gente tem que zelar.


João Sereno e Manuca Almeida 267.

sábado, 30 de agosto de 2014

 Quero poemas orgânicos
Sem mistura trans nos versos
Uma poesia feita de linhaça
Cheia de prosa e caloria equilibrada.

Um poema integral,
Com proteína nos versos
E aveia na palavra.

Que seja escrita em papel reciclado
O poema falado com gosto de hortelã
Pra deixar mais linda a metáfora
Um gole de própolina outro de romã.

Espinheira divina pra minha palavra
 Gengibre e semente de chia nos versos
E seja eterno o poético, que o poeta seja poético.

Não tenha sal, nem a culpa do açúcar.
E fique longe dos conservantes,aromatizantes,
Congelados e enlatados
Que seja sempre poesia e poetizado.


Manuca Almeida 267.